«TER PÁTRIA NÃO É NASCER NUM CERTO SÍTIO, É TER DE COMER, TER CASA, ESCOLA, ASSISTÊNCIA MÉDICA». Av. Dr. Magalhães Lemos. Edifício Impacto, Bloco 21. befelgueiras@gmail.com Telemóvel 917684030
Sábado, 5 de Março de 2005
Eleições Legislativas - Análise dos resultados do Bloco

      Análise  dos  resultados  obtidos  pelo  Bloco  de  Esquerda:


      A   nível   nacional:


      O Bloco de Esquerda tinha como grandes objectivos aumentar a sua votação e duplicar o número de deputados eleitos no Parlamento pelos círculos eleitorais de Lisboa, Porto e Setúbal.


      O BE constituiu-se como um agente dinâmico da mudança, com um discurso novo, virado para a juventude, para as mulheres, para a quebra de rotinas e tabus, para a criatividade e participação numa democracia que se pretende participável mas que não se esgota nem se satisfaz com uma participação passiva nos actos eleitorais.


      Centramos a nossa atenção naqueles que são os verdadeiros problemas do país:


      a) O desemprego: entendemos que a dignidade das pessoas passa pela estabilidade no emprego, que propicia segurança e qualidade de vida. Propusemos a redução da precariedade laboral que gera exclusão social e exploração desenfreada dos seres humanos.


      b) A qualificação dos nossos recursos mais valiosos: AS PESSOAS. A educação, a formação/qualificação, a investigação, a cultura são os alicerces da liberdade, do empenhamento cívico, do desenvolvimento científico e tecnológico. Do progresso.


      c) A saúde é um bem sem preço, não comercializável, é um direito que todos os cidadãos têm adquirido. O Serviço Nacional de Saúde que entendemos ser um bem universal independentemente da condição económica de cada um.


      d) Os «bens sociais públicos» - a água, o ar, a educação, a saúde, a segurança social bem como o sector energético estratégico, que devem ser sempre assegurados pelo Estado.


      e) Falar sempre a verdade, custe o que custar. Acabar com o discurso retórico e recorrente dos partidos políticos tradicionais que enumeram alguns problemas mas nunca os resolvem. Fim da hipocrisia sobre a descriminalização do aborto. Fim das mentiras sobre as guerras económicas que se sobrepõem ao direito internacional que rege o concerto das nações.


      f) Efectivo combate à fraude e às corrupções - combate às clientelas instaladas, pela reforma fiscal, fim dos paraísos fiscais e do sigilo bancário.


      g) A prestação de contas rigorosas e claras no final de qualquer mandato.


      O BE conseguiu transmitir claramente ao eleitorado nacional um conjunto de causas pelas quais vale a pena lutar, tendo em vista a noção do bem comum; do bem-estar social, do caminhar para uma sociedade mais justa, mais tolerante, mais equitativa, mais verdadeira, mais fraterna e, por consequência, mais feliz.


      Foi neste dinâmica de crítica construtiva, sem tibiezas, sem meias-tintas, mas com clareza e firmeza que assumimos o projecto da candidatura do Bloco de Esquerda. Foi também o exemplo do empenho e do trabalho dos deputados da anterior legislatura que o eleitorado sufragou/premiou e, praticamente, triplicou quer o número de votos, quer - quase - o número de deputados no Parlamento. Assim, elegemos 8 deputados (em Lisboa, Porto e Setúbal) e ficamos a escassas centenas de votos de eleger um deputado por Aveiro e um outro por Braga.


      Ao   nível   local:


      Também ao nível local a votação no Bloco de Esquerda se traduziu num êxito.


      O objectivo principal era crescer, de preferência duplicar a votação. Durante a campanha eleitoral, e principalmente depois do comício de encerramento no Porto, percebemos que as nossas melhores perspectivas seriam certamente superadas.


      O esforço do núcleo local associado ao trabalho dos deputados e candidatos a deputados pelo distrito dariam os seus frutos. No concelho de Felgueiras o BE, desde a activação do núcleo, não tem parado de crescer.


      Tendo-se apresentado a eleições apenas numa freguesia do concelho (Regilde), aquando das autárquicas, o Bloco sextuplicou a sua votação nas eleições europeias seguintes. Das europeias para as actuais legislativas obteve um resultado entre e triplo e o quádruplo do número de votos tornando-se, assim, na quarto partido mais votado deste concelho.


      Esta votação acarreta um acréscimo de responsabilidade perante os eleitores que em nós confiaram para apresentação de propostas que conduzam à resolução dos seus problemas mais prementes. O núcleo concelhio de Felgueiras é constituído por homens, mulheres e jovens, activos e combativos. Que não se contentam em ser meros espectadores de uma democracia referendável (normalmente de 4 em 4 anos) na qual os cidadãos e os seus interesses, imediatamente após os actos eleitorais, passam para 2º plano e para a inacção.


      Defendemos a elaboração de Orçamentos Participativos ao nível da intervenção autárquica e local, assumida como a melhor metodologia prática para a criação e reforço duma nova cidadania activa e transformadora. É fundamental desenvolver a democratização da gestão pública como forma de a colocar mais próxima das populações e mais de acordo com os seus interesses e anseios.


      A. Teixeira Gomes


      J.  Santos  Pinho



publicado por befelgueiras às 15:00
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Anónimo a 21 de Março de 2005 às 17:07
Parabéns pelos resultados eleitorais do Bloco, em Vizela fomos a 3ª força política, quase inacreditável no dia anterior às eleições ( 5,4%).José Manuel Faria.
</a>
(mailto:jmvfaria@iol.pt)


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
links
Julho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


últ. comentários
Encontrei esse mesmo texto na nova Apostila Decisã...
Olá Carlos Carvalho!!!!!A campanha do bloco vai de...
Parabéns pelo post. Visitem o terradesousa.blogspo...
Olá,Meu nome é Priscila Andrade e faço parte da eq...
Acabou-se a «mama» ao oportunista de Caramos?Ou el...
Pois, pois... Mas pelo menos não alinhava por dois...
Foi um resultado bom demais, mais um candidato pat...
E AS IDEIAS QUANDO É QUE VEM ??????????ANTES DOS A...
Bloco Esquerda Felgueiras para Liliana mostrar det...
2009/9/25 Liliana Costa Rádio NFM <liliana.cost...
mais comentados
subscrever feeds
blogs SAPO
as minhas fotos
arquivos

Julho 2016

Junho 2016

Setembro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Em destaque no SAPO Blogs
pub