«TER PÁTRIA NÃO É NASCER NUM CERTO SÍTIO, É TER DE COMER, TER CASA, ESCOLA, ASSISTÊNCIA MÉDICA». Av. Dr. Magalhães Lemos. Edifício Impacto, Bloco 21. befelgueiras@gmail.com Telemóvel 917684030
Segunda-feira, 11 de Outubro de 2004
«A Engenheira das Utopias»

         «A Engenheira das utopias»



         Assim lhe chamou um dia a sua amiga e apoiante política Natália Correia.


         Morreu, na semana passada, a senhora engenheira Maria de Lourdes Pintasilgo no momento perplexo e sombrio que a nossa democracia atravessa. Creio mesmo que o mais difícil dos períodos dos governos constitucionais pós 25 de Abril.



         Maria de Lourdes Pintasilgo foi uma Mulher de grande capacidade interventiva, dotada de uma sólida sabedoria, alicerçada num impecável sentido cívico que a conduzia a uma imperativa necessidade de participação na vida da comunidade. 



         Todos os desfavorecidos tinham nela uma referência de vida. Mulher de relevo em diferentes áreas da vida social, cultural e política, ao seu testemunho de vida se devem: o reconhecimento do papel das mulheres na sociedade (primeira mulher primeiro-ministro no nosso país, primeira candidata à presidência da República), o aprofundamento e enriquecimento da vida democrática (escrevendo artigos de opinião, participando em foruns e reconhecida internacionalmente entre a nata intelectual e política mundial), e até, a renovação da experiência religiosa cristã (o Graal).



         Maria de Lourdes Pintasilgo abriu horizontes ao debate político, com grande poder de comunicabilidade despertou muitos jovens para os problemas sociais e políticos. Nunca assumiu uma postura conformista, foi incómoda, perturbadora, desafiadora. Foi profeta na melhor tradição judaico-cristã, sempre defendeu a igualdade, a fraternidade, a verdade e a justiça (afinal os valores pelos quais Jesus Cristo foi crucificado). O seu entendimento de democracia participativa, a sua opção pelos mais desprotegidos valeram-lhes grandes críticas da direita conservadora e trauliteira que a designava de terceiromundista. O mundo nunca aceita nem tolera facilmente aqueles que defendem os grandes valores.



         De Maria de Lourdes Pintasilgo pode dizer-se que é das personalidades que obrigou as pessoas a reverem-se por dentro. Deu-se por inteiro às causas que abraçou. Que dizer da sua acção em áreas e organizações não governamentais? Nos movimentos de reflexão política, de justiça social? Nos movimentos das mulheres e nas artes?



         Tive a felicidade de a acompanhar em dois grandes comícios da sua candidatura à presidência da república: em Lisboa e nesse imbatível comício de Abrantes (donde era natural). A sua alegria de viver contagiava tudo e todos, a convicção que punha em tudo o que fazia e dizia não deixava ninguém indiferente, mesmo entre os adversários políticos que muito respeitava.



         Noticiam os jornais que o seu corpo ficou sepultado num gavetão do cemitério dos Prazeres, sem exéquias de Estado ou luto nacional (que governos estes que condecoram militares desertores e nada fazem para enaltecer os seus maiores!).



         Maria de Lourdes Pintasilgo é já memória colectiva de Portugal. Não ainda do Portugal que almejou: «o de um projecto colectivo que projectasse o país para um plano de afirmação internacional correspondente ao desenvolvimento real e justo da sociedade portuguesa».



         Acalentar essa Utopia é a única forma de homenagearmos a sua memória. A memória histórica encarregar-se-á de lhe fazer justiça e a dignificar.



         Com Maria de Lourdes Pintasilgo aprendemos a conceber a democracia como uma aspiração em constante renovação, aprendemos que a sua vitalidade está na participação activa e consciente dos cidadãos. Que não há democracia sem redistribuição económica e social, sem ética nem dignidade humana. Sem a igualdade entre homens e mulheres, negros e brancos, entre etnias e religiões.



         Procuremos um cosmopolitismo que assente as suas bases na tolerância e na interculturalidade para que estamos fadados.


        J. Santos Pinho



publicado por befelgueiras às 13:35
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
links
Julho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


últ. comentários
Encontrei esse mesmo texto na nova Apostila Decisã...
Olá Carlos Carvalho!!!!!A campanha do bloco vai de...
Parabéns pelo post. Visitem o terradesousa.blogspo...
Olá,Meu nome é Priscila Andrade e faço parte da eq...
Acabou-se a «mama» ao oportunista de Caramos?Ou el...
Pois, pois... Mas pelo menos não alinhava por dois...
Foi um resultado bom demais, mais um candidato pat...
E AS IDEIAS QUANDO É QUE VEM ??????????ANTES DOS A...
Bloco Esquerda Felgueiras para Liliana mostrar det...
2009/9/25 Liliana Costa Rádio NFM <liliana.cost...
mais comentados
subscrever feeds
blogs SAPO
as minhas fotos
arquivos

Julho 2016

Junho 2016

Setembro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Em destaque no SAPO Blogs
pub