«TER PÁTRIA NÃO É NASCER NUM CERTO SÍTIO, É TER DE COMER, TER CASA, ESCOLA, ASSISTÊNCIA MÉDICA». Av. Dr. Magalhães Lemos. Edifício Impacto, Bloco 21. befelgueiras@gmail.com Telemóvel 917684030
Segunda-feira, 27 de Novembro de 2006
Pessoas, Cifras ou Rubricas?

                            

Pessoas, Cifras ou Rubricas?

            Na hora em que escrevemos está a chegar ao fim o debate parlamentar sobre o Orçamento Geral do Estado. Assistimos, na medida em que nos é possível, à tentativa sempre conseguida (abençoadas maiorias) de imposição daquilo a que já convencionou chamar-se modelo económico único. O Centrão que nos (des)governa tenta convencer os pagadores de impostos da inevitabilidade do retorno à exploração do trabalho pelo grande capital sem pátria ou alma. Convencidas as massas mais facilmente serão domesticadas e mantidas na passividade que resulta da ignorância dos factos. É mais fácil enganar as pessoas que confiam do que aquelas que pensam por si próprias e duvidam.

            Pobre orçamento onde a educação, a formação, a assistência e a saúde (preventiva, particularmente esta) são consideradas despesas a abater e não investimentos no futuro e bem-estar das populações. Pobres cidadãos governados por impúdicos socialistas que – renegando a sua origem – farisaicamente batem no peito mas que apenas favorecem o capital (banca e seguros à cabeça). Como vão longe os tempos em que havia mais vida para além do orçamento… E o cidadão volta à condição de simples cifra em humilde rubrica!

            A globalização económica foi feita para as empresas. Os estados limitam-se a privatizar o que é público, a abrir fronteiras e a fazer leis em benefício dos grandes empresários. O Estado é o mediador entre os povos e os poderosos em favor destes últimos. “Competitividade” e “flexibilização” não passam de eufemismos para reforçar os lucros dos poderosos e despedir, de forma barata, os mais desfavorecidos. Este Estado só tem autonomia enquanto dispositivo de protecção dos ricos. Há outros modelos de desenvolvimento económico. A fatalidade da ausência de modelos de desenvolvimento alternativos é a mentira mais abjecta de quem se proclama socialista.

            Quando os cidadãos se questionarem sobre a utilidade dos impostos que pagam – dada a privatização de todos os serviços – teremos revoltas sociais? Só os ricos compreenderão as leis e a política fiscal deste governo!

            Quando, anestesiados pela comunicação social e respectivos fazedores de opinião (pagos a peso de ouro), deixamos de questionar tudo o que se passa à nossa volta e aceitamos como válidos os valores que nos impõem, perdemos em cidadania e ganham os estados em passividade e submissão dos cidadãos e enriquecem assim, alarvemente, os grandes capitalistas.

 

            Quando deixamos de questionar tudo o que se passa à nossa volta e aceitamos como válidos os valores que nos impõem perdemos em cidadania e ganham os estados em passividade e submissão dos cidadãos.

                                                                                              

                                                    Joaquim Santos Pinho

           


publicado por befelgueiras às 14:56
link do post | comentar | favorito
 O que é?

Sábado, 25 de Novembro de 2006
Relatório OCDE 2006

 *Os **PROFESSORES* *em Portugal não são assim tão maus...*

   Consulte a última versão (2006) do Education at a Glance, publicado  pela OCDE. Em http://www.oecd.org/dataoecd/44/35/37376068.pdf

      Se for à *página 58*, verá desmontada a convicção generalizada de  que os professores portugueses passam pouco tempo na escola e que  no estrangeiro não é assim. É apresentado no estudo o tempo de  permanência na escola,  onde os professores portugueses estão em 14º  lugar (em 28 países), com tempos de permanência superiores aos  japoneses, húngaros, coreanos, espanhóis, gregos, italianos,  finlandeses, austríacos, franceses,  dinamarqueses, luxemburgueses,  checos, islandeses e noruegueses!

      No mesmo documento de 2006 poderá verificar, na *página 56*, que os  professores portugueses estão em 21º lugar (em 31 países) quanto a  salários!

      Na *página 32* poderá verificar que, quanto a investimento na  educação em relação ao PIB, estamos num modesto 19º lugar (em 31  países) e que estamos em 23º lugar (em 31 países) quanto ao   investimento por aluno.

     E isto, o ME não manda publicar... Nem os fazedores de opinião o fazem nos seus editoriais de banha da cobra!

   Não tem problema. Já estamos habituados a fazer todos os serviços.  Nós divulgamos aqui e passamos ao maior número de pessoas possível,  para que se divulgue e publique a verdade.

 


sinto-me:

publicado por befelgueiras às 14:30
link do post | comentar | favorito
 O que é?

Neruda

«É tão curto o amor

E tão longo o esquecimento.»

 

Pablo Neruda, poeta chileno (1904-1973)


sinto-me:

publicado por befelgueiras às 14:20
link do post | comentar | favorito
 O que é?

Quarta-feira, 22 de Novembro de 2006
Kennedy

«Um homem pode morrer,

As Nações podem nascer e cair,

Mas uma ideia perdurará  sempre.»

John F. Kennedy (1917-1963)

35º Presidente dos EUA


sinto-me:

publicado por befelgueiras às 15:38
link do post | comentar | favorito
 O que é?

Terça-feira, 21 de Novembro de 2006
Bill Gates

     

 «O êxito é um péssimo professor. Leva as pessoas

      inteligentes a pensarem que não podem perder.»

               Bill Gates (1955), fundador de Microsoft


sinto-me:

publicado por befelgueiras às 14:31
link do post | comentar | favorito
 O que é?

Sábado, 18 de Novembro de 2006
Séneca

  

   «Se não se sabe para que porto se quer navegar,

      nenhum vento é favorável.»

      Séneca (4 aC-65 dC), Filósofo romano

      Tradução livre

 


sinto-me:

publicado por befelgueiras às 01:00
link do post | comentar | favorito
 O que é?

Segunda-feira, 6 de Novembro de 2006
Imprescindível

Entrevista a

Vicente Romano

Espanhol, Professor catedrático de Comunicação Audiovisual

In Visão nº 713

 

      «Estamos a ser "educados" para a obediência, a passividade e a ignorância.

                Meio caminho andado para a domesticação.»

 

      «O receio de perguntar é o resultado da domesticação.»

 

      «Só o conhecimento, a dúvida e a interrogação podem salvar-nos...

                                                                                  da selva.»


sinto-me:

publicado por befelgueiras às 13:36
link do post | comentar | favorito
 O que é?

Meteorologia
Amnistia Internacional
mais sobre mim
pesquisar
 
A Barraca
links
Julho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


últ. comentários
Encontrei esse mesmo texto na nova Apostila Decisã...
Olá Carlos Carvalho!!!!!A campanha do bloco vai de...
Parabéns pelo post. Visitem o terradesousa.blogspo...
Olá,Meu nome é Priscila Andrade e faço parte da eq...
Acabou-se a «mama» ao oportunista de Caramos?Ou el...
Pois, pois... Mas pelo menos não alinhava por dois...
Foi um resultado bom demais, mais um candidato pat...
E AS IDEIAS QUANDO É QUE VEM ??????????ANTES DOS A...
Bloco Esquerda Felgueiras para Liliana mostrar det...
2009/9/25 Liliana Costa Rádio NFM <liliana.cost...
mais comentados
subscrever feeds
blogs SAPO
as minhas fotos
arquivos

Julho 2016

Junho 2016

Setembro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004